A Pré-História

A Pré-História

Os primeiros seres humanos (homens) a aparecer foi o homo-habilis que foi o primeiro a utilizar as mãos (bipedia) para fabricar instrumentos de pedra lascada (os seixos quebrados), que serviam para se defenderem dos seus inimigos e para se aproveitarem dos recursos naturais como a caça, a pesca, etc e a deslocar-se apenas com dois membros e a andarem na vertical (verticalidade). E como já foi referido a cima os instrumentos eram de pedra lascada e a este período dá-se o nome de Paleolítico que quer dizer período da pedra lascada.
O homo-erectos já com um maior desenvolvimento do cérebro e da inteligência fabricou instrumentos mais aperfeiçoados como os bifaces, foi o que dominou o fogo, usava-o para se defender dos animais ferozes, para se aquecerem e para cozinhar os alimentos, logo estes ficavam mais moles e mais fáceis de mastigar ao que levou a alteração da dentição e ao formato do rosto.
O homo-sapiens soube aperfeiçoar os instrumentos de pedra lascada e construir outros utensílios como raspadores e pontas de lança. Vivia em cavernas, caçava animais de grande porte e enterrava os seus mortos.
O homo-sapiens sapiens (muito parecido a homem actual) e com a capacidade cerebral também praticamente igual construiu instrumentos de pedra, marfim e osso como o propulsor, os arpões, a lâmina, o machado, a azagaia e o arco e a flecha. Fabricou também as agulhas para coser as peles e fabricar as roupas. Começaram a pintar nas paredes das cavernas animais que caçavam e faziam rituais para lhes dar sorte na caça.

E assim foram-se desenvolvendo os nossos antepassados.

Pré-História – Período que vai desde o surgimento do homem até as primeiras manifestações de escrita, por volta de 4mil anos a.C.

Paleolítico
Nesta época, o ser humano habitava cavernas, muitas vezes tendo que disputar este tipo de habitação com animais selvagens. Quando acabavam os alimentos da região em que habitavam, as famílias tinham que migrar para uma outra região. Desta forma, o ser humano tinha uma vida nómada (sem habitação fixa). Vivia da caça de animais de pequeno, médio e grande porte, da pesca e da colheita de frutos e raízes. Usavam instrumentos e ferramentas feitos a partir de pedaços de ossos e pedras. Os bens de produção eram de uso e propriedade colectiva.
Nesta fase, os seres humanos se comunicavam com uma linguagem pouco desenvolvida, baseada em pouca quantidade de sons, sem a elaboração de palavras. Umas das formas de comunicação eram as pinturas rupestres.

Nesta época o homem atingiu um importante grau de desenvolvimento e estabilidade. Com a sedentarização, a criação de animais e a agricultura em pleno desenvolvimento, as comunidades puderam trilhar novos caminhos. Um avanço importante foi o desenvolvimento da metalurgia. Criando objectos de metais, tais como, lanças, ferramentas e machados, os homens puderam caçar melhor e produzir com mais qualidade e rapidez. A produção de excedentes agrícolas e sua armazenagem, garantiam o alimento necessário para os momentos de seca ou inundações. Com mais alimentos, as comunidades foram crescendo e logo surgiu a necessidade de trocas com outras comunidades. Foi nesta época que ocorreu um intenso intercâmbio entre vilas e pequenas cidades. A divisão de trabalho, dentro destas comunidades, aumentou ainda mais, dando origem ao trabalhador especializado.

Neolítico
O neolítico, também chamado de idade da pedra polida, é o período da pré-história compreendido aproximadamente entre 12000 a.C. e 4000 a.C. Durante este período surgiu a agricultura, o que permitiu às populações um aumento do tempo de lazer, devido à disponibilidade de alimento. A necessidade de armazenar os alimentos e as sementes para cultivo levou à criação de peças de cerâmica, que foram gradualmente ganhando fins decorativos. Por outro lado, a fixação inerente à agricultura provocou o desenvolvimento da vida em sociedade e o avanço cultural. Foi neste período, que foram assentes as bases para a civilização em que hoje vivemos. Também foi aqui que começou a domesticação de animais (cabra, boi, cão, dromedário, etc…). O trabalho passou a ser dividido e neste mesmo período o homem começou a se tornar sedentário (a ter moradia fixa) o que acabou gerando as aldeias. A criação da agricultura permitiu também o aumento da população. Nas aldeias os homens produziam mais do que o necessário e para não perder grande parte da produção que não iria ser utilizado, começou a trocar com as outras aldeias por artesanato, roupas e outras coisas.


Bibliografia (Fonte)

A Pré-História – Foi escrito pelos elementos do grupo com a ajuda do manual de História
Paleolítico – Google/paleolítico/Mundo Pré-Histórico: Pré-História, Neolítico e Paleolítico
Neolítico – Google/neolítico/Mundo Pré-Histórico: Pré-História, Neolítico e Paleolítico
Neolítico – Google/neolítico/Neolítico –Wikipédia.

Trabalho Elaborado Por:
Andreia Santos nº3
Bruno Meira nº4
Diana Cachada nº7
Flávia Dias nº8
Tiago Gonçalves nº27

7º A

4 Respostas

  1. o trabalho esta engraçado

  2. Olá. So queria dizer que adoro o vosso site, é dos mais informativos da internet, e, visto que tambem estou a trabalhar neste tema, e tambem tenho dados muito intressantes… Se quiserem juntar tambem o meu trabalho ao vosso e fazer assim um trabalho ainda mais completo, terei todo o gosto. Deixo o meu email cazo queiram contactar-me

  3. Olá pessoal,
    Como professor de História achei o tabalho de vocês
    muito legal, gostaria de parabenizá-los.
    Raimundo

  4. ajudou-me muito

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: