A Nova Roda dos Alimentos

A Nova Roda dos Alimentos

Já dizia o poeta «mudam-se os tempos, mudam-se as vontades». Pura verdade! A rotina diária mudou, a oferta de alimentos e, por conseguinte, os apetites também. Pelo que a tradicional roda dos cinco grupos de alimentos também sofreu alterações.

Mas não se esqueça que com a passagem do tempo surgem novas prioridades e a alimentação saudável deve ser uma delas. Não só porque promove a saúde, como melhora o humor e habilita o corpo a fazer algumas actividades com mais facilidade.

A nova versão da roda dos alimentos traz muitas novidades. O seu formato original, o círculo, mantém-se. Mas, ao invés de cinco, passamos a ter sete grupos de alimentos e a água, esse bem imprescindível à vida, ocupa o lugar central do círculo.

Mas o que é a Roda dos Alimentos?

É uma representação gráfica, criada pelos portugueses na década de 70 no âmbito da Campanha de Educação Alimentar “Saber comer é saber viver”, que nos ajuda a melhor escolher e combinar os alimentos que deverão fazer parte da alimentação diária.

O seu símbolo, tal como o nome indica, é em forma de círculo que se divide em segmentos de diferentes tamanhos; os chamados grupos de alimentos. Mas, em muitos outros países a roda dá lugar à pirâmide dos alimentos, que na opinião dos especialistas nacionais não representa aquilo que deve ser uma alimentação saudável, ou seja, completa, equilibrada e variada. É que a pirâmide hierarquiza os alimentos, dando assim mais importância a uns que a outros. E isto não está correcto, pois deve-se dar igual importância a todos os alimentos.

Foram ainda objectivos desta reestruturação a promoção dos valores culturais e sociais dos portugueses ao promoverem-se produtos tradicionais como o pão, o azeite ou as hortícolas. Além disso, foram considerados objectivos pedagógicos e nutricionais. Com a nova roda introduziu-se o conceito de porção de modo a facilitar opções mais fáceis na escolha das quantidades de alimentos a ingerir.

Como é constituída?

Antes

Existiam 5 grupos de alimentos sem indicação das porções recomendadas por dia. Os grupos de alimentos eram os seguintes:

I
Leite e derivados
II
Carne, peixe e ovos
III
Óleos e gorduras
IV
Cereais e leguminosas
V
Hortaliças, legumes e frutos
Fonte: http://www.consumidor.pt

Depois

É composta por 7 grupos de alimentos de diferentes dimensões que indicam, precisamente, a proporção de peso com que cada um deles deve estar presente na alimentação diária:

Cereais e derivados, tubérculos
4 a 11 porções
Hortícolas
3 a 5 porções
Fruta
3 a 5 porções
Lacticínios
2 a 3 porções
Carnes, pescado e ovos
1,5 a 4,5 porções
Leguminosas
1 a 2 porções
Gorduras e óleos
1 a 3 porções

Fonte: http://www.consumidor.pt

Não possuindo um grupo próprio, a água assume a posição central na nova roda dos alimentos. Isto porque, esta representada em todos eles pois faz parte da constituição de quase todos os alimentos. Por ser um bem tão essencial à vida recomenda-se o seu consumo diário na ordem dos 1,5 e 3 litros.

De uma forma simples e sucinta, a nova Roda dos Alimentos ensina-nos como manter uma alimentação saudável, ou seja, completa, equilibrada e variada.

Fonte:Confragi
Alunos do 7º A

6 Respostas

  1. Boa informação.
    Adorei o blogue!
    bjs

  2. É muito bom ver que estão a gostar.
    Tem dado um trabalhão… rss

    Beijinhos

  3. Acho que tem muita informação, é bom as pessoas terem informações sobre a Roda dos Alimentos.
    Queria dar os parabéns aos alunos do 7ºA, bem como à senhora professora Anabela Braga que tem desenvolvido um óptimo trabalho.
    Acho que foi uma optima ideia a criação de um blogue.
    parabens.

    ASSINADO : -DIANA SÁ
    -7ºB
    -Nº10

  4. Bom dia =)

    Apenas para referir que a passagem da pirâmide alimentar para a roda dos alimentos, não foi apenas pela hierarquização dos alimentos que a pirâmide fazia, mas sim também que a roda possibilita uma visão diferente, no sentido em que representa a imagem de um prato, e consequentemente consegue-se visualizar as diferentes porções que devemos ter no nosso prato. E transmite-nos a ideia de uma alimentação:
    COMPLETA- dado que comemos de cada um dos grupos,
    EQUILIBRADA- porque comemos em maior porção o que estão no grupo maior e em menor porção os alimentos do grupo menor.
    VARIADA- uma vez que dentro de cada grupo, podemos variar, por exemplo, dentro do grupo dos tubérculos e derivados, podemos optar por arroz ao almoço e massa ao jantar.

    Sou aluna de ciências da nutrição, e queria também apoiar a vossa ideia de passar a mensagem sobre uma alimentação equilibrada, variada e completa, mas fundamentalmente é preciso saber fazer opções. Uma delas é em vez de usarem o óleo, usem o azeite =))

    Cumprimentos

    Carla Correia de Sá

  5. Adorei. ta muito bom.

  6. oi. gostei de estar hoije na escola

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: